Seguindo a linha de resgate de alguns conteúdos, este é um material para facilitar uma apresentação guiada sobre criptos, blockchain e business models nesse campo. Conteúdos resgatados serão postados no blog com a data original ou aproximada do conteúdo.

Conteúdo no Slideshare

Transcrição de alguns pontos

Block Chain

Não é produto. É um conceito. Uma tecnologia.

Bases de registros de dados distribuídos e compartilhados que permitem a criação de um índice global para todas as transações; Criptografia, Blocos, Broadcast, Sistema Distribuido, P2P, Chave Privada, Nó, Hash…

Antes do desenvolvimento da tecnologia blockchain, os registros contábeis eram mantidos em bancos de dados centralizados e não-públicos: As pessoas precisavam confiar na idoneidade do banco de dados para ter certeza de que não haveria nenhuma alteração nos registros (saldos e transações da conta).

Com o blockchain, os dados são distribuídos entre todos os participantes, com total transparência e descentralização. Torna-se, portanto, desnecessário confiar em uma terceira pessoa para que os dados contábeis sejam registrados corretamente e não haja perigo de fraudes.

BitCoin

É uma cripto-moeda descentralizada apresentada em 2008 na lista de discussão The Cryptography Mailing por um programador, ou um grupo de programadores, de pseudônimo Satoshi Nakamoto.

É considerada a primeira moeda digital descentralizada e tida como responsável pelo ressurgimento do sistema bancário livre. Leia o original

símbolo: Ƀ

  • Criptomoeda
  • Descentralizada
  • Feita por Programadores
  • Primeira Moeda Digital
  • Sistema Bancário Livre
  • Oferta Total 21 Milhões

Mineração e MINAS

São os computadores programados para resolver os problemas que geram moedas como remuneração. (A partir da realização-resolução dos cálculos)

MINERADORES

São os donos dos computadores. Eles ganham dinheiro com a venda de moedas e por validar as transações

CARTEIRAS

Assim como uma carteira de dinheiro ou o extrato do banco, guardam o registro de quantas moedas a pessoa tem.

Entradas e saídas de moedas da carteira são públicas.

TRANSAÇÕES

Ocorrem quando alguém compra ou vende moedas. A operação modifica as informações das carteiras. A transação é validada com a tecnologia que funciona como um livro-caixa escrito à caneta: não é possível apagar nada

Algumas Informações em Bullets

  • Limite máximo de Bitcoins em circulação: 21 milhões - definido pelo algoritmo do Bitcoin.
  • A moeda digital não é emitida por um banco central, mas sim minerada
  • Um sistema de software decentralizado paga, a cada 10 minutos, um bloco de Bitcoins para quem resolver primeiro uma série de operações de criptografia (capacidade de processamento)

Originalmente, cada bloco vinha com 50 Bitcoins. Desde 2012, o número de Bitcoins por bloco é reduzido pela metade a cada quatro anos. Hoje, cada bloco tem 12,5 Bitcoins. Em 2009, quando lançado, aqueles que mineravam os blocos recebiam 50 bitcoins por bloco inserido. Passados alguns anos, em 2012, ocorreu o primeiro halving, passando a recompensa para 25 e, no ano de 2016, para 12,5 bitcoins.